quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

FELIZ 2009 COM MUITAS CORRIDAS


Pessoal bom dia.

Já que neste BLOG o assunto é corrida, vou deixar uma mensagem tendo a corrida como espírito de solidariedade.

Gostaria de agradecer as pessoas que conheci em virtude desta atividade física que é tão gratificante e que hoje se tornaram meus amigos e desejar a todos um FELIZ NATAL E UM 2009 DE MUITAS REALIZAÇÕES.

O texto que vou reproduzir estava na revista Superação e fala da Paraolimpíada de Seattle.


Há alguns anos, nas Paraolimpíadas de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental, alinharam-se para a largada da corrida de 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.

Um dos garotos tropeçou, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro.
Diminuíram o passo e olharam para trás.
Então, viraram e voltaram. Todos eles. Uma das meninas, com Síndrome de Down, ajoelhou, deu um beijo no menino e disse:

- Pronto, agora vai sarar!

E todos os noves competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada.
O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos.

Talvez os atletas fossem deficientes mentais... mas, com certeza, não eram deficientes espirituais...

Isso porque, lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho, é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir os nossos passos.

“PROCURE SER UMA PESSOA DE VALOR, EM VEZ DE PROCURAR SER UMA PESSOA DE SUCESSO. O SUCESSO É SÓ CONSEQUÊNCIA”

Solidariedade. Respeito. Compaixão. União.
Se a corrida de rua é um esporte para todos, como realmente é, esses valores podem, e devem, ser aplicados em cada treino, cada competição.
Especialmente entre corredores profissionais e amadores, duelar contra os próprios limites.
Limites que podem ser físicos, nunca morais.


Espero que vocês tenham gostado das aventuras que foi relatada durante o ano de 2008, foram momentos de muitas alegrias, algumas tristezas, mas acima de tudo foi um ano maravilhoso, porque apesar das dificuldades, não desisti, isso foi o mais importante, e a lição que a corrida nos dá, procure nunca desistir, apesar dos obstáculos que a vida nos reserva.

Tome uma atitude para 2009, comece a praticar alguma atividade física, com certeza a sua vida dará um salto de qualidade.
Estou deixando um vídeo que preparei com muito carinho para homenagear as pessoas que fizeram comigo um ano de muitas alegrias e de muitas corridas, e com certeza o ano que vem estaremos nas pistas fazendo o que mais gostamos.........CORRER. video

Abração a todos e até 2009, e se DEUS quiser com muitas corridas.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

15KM GONZAGUINHA


Bom dia pessoal
Este final de semana estive na zona norte de São Paulo participando da tradicional corrida do Sargendo Gonzaguinha.

O ano passado fiz a inscrição, mas não participei, este ano estava com muita vontade de corre-la.
Acordei por volta das 05:30hs, ja com o interfone tocando meu amigo Glaucio havia chegado, tomamos um cafezinho, a minha esposa Cleide iria trabalhar e por isso não nos acompanharia nesta prova. Saímos de casa por volta das 06:30hs fomos de onibus, domingo pela manhã estava bem traquilo, fomos batendo um bom papo, chegamos por voltas das 07:20hs na região, encontramos nossos amigos dos treinos de sexta feira: Damião, Wanderley, e o brincalhão CHUCHU. A largada foi feita exatamente as 08:00hs, temperatura agradável, comecei até falando para os companheiros para irem embora, pois novamente havia jogado bola no sábado e aí ja viu, até aquecer demora. Mas para minha sorte eles resolveram me acompanhar, o que foi muito legal, porque todos que estavam comigo, corriam mais que eu, portanto estava sendo "puxado" por todos.
Nos primeiros 5km a única dificuldade eram os postos de águas muito distantes uns dos outros, mas fora isso estava tudo perfeito.
Todas as vezes que passávamos nos postos os meus amigos traziam agua, assim pude ficar focado totalmente na corrida, sem precisar me desconcentrar para poder me hidratar, o percurso totalmente plano fazia com que eu mantivesse sempre acelerado, as pernas estavam obedecendo bem os comandos, o tenis não apertava, os amigos do lado, fiz o meu melhor 15km, terminei com o tempo de 1:22hs, fiquei muito feliz.
Depois da corrida fomos comer um bom pastel de feira regado com um geladinho caldo de cana.



Gostaria de deixar aqui os meus agradecimentos ao meus amigos: GLAUCIO, DAMIÃO, CHUCHU E WANDERLEY, deixarei claro que se não fosse por este QUARTETO FANTÁSTICO, não teria conseguido este tempo maravilhoso.



Estou muito feliz por tudo o que a corrida trouxe, a minha próxima corrida será a São Silvestre, última corrida do ano e para mim a mais bonita de todas. Sobre corrida só falarei o ano que vem, mas dia 18/12/2008 vou deixar aqui uma linda mensagem e junto com ela terá um vídeo que eu mesmo montei, espero que vocês gostem. ATÉ LÁ

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

CORRIDA DE PARANAPIACABA À RIBERÃO PIRES

Boa tarde pessoal.

Este final de semana fomos correr uma prova diferente, de uma cidade à outra, em um total de 16km.

Esta semana fiquei o literalmente quebrado por causa da atividade física em que submeti o meu corpo.
Fizemos um treinamento bem puxado no SESC de Pinheiros na sexta feira a noite, no sábado pela manhã fui jogar bola, depois do futebol foi eu a Cleide (esposa), Dídimo (cunhado), Fabio (cunhado), Célia (irmã) para região de Indaiátuba, cerca de 120km da capital de São Paulo, visitar minha querida irmã Flávia.
Desta turma, apenas eu a Cleide e o Dídimo iríamos correr no domingo.

Acordamos por volta das 04:00hs, para tomamos um cafezinho, e diga-se de passagem foi um cafezinho mesmo (né Fabio), e pegamos a estrada mais ou menos as 04:30hs, a viagem foi tranqüila.
Chegamos na região de Ribeirão Pires mais ou menos as 07:00hs, onde nos encontramos com o pessoal do SESC, a retirada do kit foi super rápida, pegamos o ônibus que a organização hávia colocado a disposição para levar os corredores até a largada, que seria na cidade de Paranapiacaba.

A largada se deu exatamente as 08:00hs, a temperatura estava bem agradável, tivemos tempo de fazer um bom aquecimento.
A saída se deu em descida, o que deu mais uma facilitada para complementar o aquecimento, comecei tranqüilo tentando não forçar demais porque estava sentindo algumas dores e virtude do futebol do sábado.
Fiz os primeiros 5km em 25 minutos, que projetava terminar a corrida com o tempo de 1:20hs, o que seria ótimo.
O percurso constituía-se de muitas subidas e descidas fortes, o que exigiam demais do quadril e também da panturrilha.
No km 10 comecei a sentir um pouco a região do quadril, todas as vezes que chegava na subida, por causa da mudança de postura, o quadril começava a doer, o que me fazia diminuir bastante a velocidade, mas nada que me impedisse de continuar a corrida.
No km 13 para o km 14 existe uma subida muito forte e muito longa, o que deu uma boa desanimada, quase no final da subida não agüentei e passei a andar um pouco, derrepente o meu amigo Edmilton passou por mim, voando baixo, aproveitei e peguei uma carona, procurei acompanhá-lo até onde eu agüenta-se, o que foi legal, porque ele me puxou por uns 1,5km,
Conclui a prova em 1:33hs, foi uma bela corrida e também um excelente treinamento para a São Silvestre que está chegando.

Gostaria de dar os parabéns para Eva Borchartt, uma amiga nossa que chegou na sétima colocação na prova feminina e ganhou um lindo troféu, esta menina trabalha muito, e tem pouco tempo para treinar, apesar dos obstáculos, esta sempre chegando entre as primeiras.

E Parabéns a todos que participaram desta prova, em mais um domingo maravilhoso.

Gostaria de fazer uma pequena mas sincera homenagem uma pessoa que conheci no SESC e também faz parte do mundo das corridas.
Esta pessoa atualmente não esta podendo correr em virtude de uma contusão, mas mesmo assim tem nos acompanhado em várias atividades, mesmo não podendo correr, está sempre nos apoiando e nos incentivando durante a corrida. É uma pessoa que todos nós aprendemos a gostar, está sempre sorrindo e sempre pronta a dizer uma palavra amiga.
Antes da corrida nós que estávamos no ônibus, ficamos super felizes quando a vimos...tenho certeza que em breve ela voltará para as pistas.
Esta nossa querida amiga chama-se Luciana ou simplismente Lú para os amigos.



ABRAÇÃO A TODOS

PRÓXIMO TIRO: CORRIDA DO SARGENTO GONZAGUINHA 15KM, 14/12/2008.

ATÉ LÁ

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

CORRIDA DO SESC DE INTERLARGOS



CORRIDA RÚSTICA DO SESC INTERLARGOS
Boa tarde pessoal.

Este final de semana estive na região de Interlagos, mais especificamente, no SESC Interlagos participando da corrida de 7km. Uma corrida rápida, mas de percurso difícil em virtude dos vários tipos pisos(grama, concreto, paralelepípedo, cascalhos) e também as fortes subidas.

Eu a Cleide acordamos mais ou menos 05:30hs, o dia estava prometendo ser de muito sol, tomamos um café e fomos bem cedo para não ter dificuldade em estacionar.

Chegamos no local da corrida 07:00hs, onde encontramos o pessoal do SESC Interlagos, SESC Pinheiros e também os amigos do Parque Santo Dias, havíamos combinado depois da corrida nos reunirmos para fazemos um bom churrasco.

Fomos para linha de largada, os homens sairiam primeiro de depois as mulheres, havia também uma corrida infantil, onde as crianças ganhariam medalha pela participação, um belo incentivo aos futuros corredores.

Posicionei-me um pouco atrás, pois pensei em fazer uma corrida bem conservadora, ainda estou me recuperando fisicamente da maratona que participei na semana passada.

As 08:30 foi dada a largada, sai tranqüilo, fiz a subida de paralelepípedo sentindo a perna um pouco cansada, a corrida alterna com subidas e descidas fortes, este percurso tem duas subidas que são fortíssimas, em um ângulo de quase 90 graus, mas depois da segunda subida vem uma descida bem longa, quase perto do final da prova onde quem quer baixar tempo aproveita e acelera ao máximo.

Nesta descida até pensei em tentar baixar o tempo em relação ao ano passado que foi de 35 minutos, mas quando passei pelo km 6 estava com o tempo de 31 minutos e observei que não daria, então tirei o pé do acelerador e fechei com o tempo de 36 minutos, o que para mim foi ótimo.

Houve o encontro das três turmas na mesma corrida: SESC Pinheiros, SESC Interlagos e Parque Santo Dias, não poderia dar outra coisa se não um bom churrasco.
Gostaria de dar os parabéns a todas a pessoas que correram, em especial:

Ao professor Denivaldo que mais uma vez chegou em primeiro lugar na categoria servidor.
Para Adriana Caçula pela 5ª colocação, realmente foi uma bela corrida e um excelente tempo.

Para a Cleide, minha esposa, que mais uma vez conseguiu baixar tempo em relação ao ano passado, essas meninas estão correndo muito. A o Lucas, filho do Damião, que fez uma excelente corrida, este menino tem futuro, lembrando que ele tem apenas 14 anos de idade.
Parabéns também para Cris (esposa do Junior, infelizmente não tenho foto dela) e a Fabíola que participaram de sua primeira corrida oficial e conseguiram concluir super bem a prova, e tenho certeza que será a primeira de muitas corridas que virão pela frente.
E parabens a todas as pessoas que fizeram deste domingo mais um dia especial em nossas vidas, tendo sempre a corrida como pano de fundo, cada final de semana é melhor que o outro.

Obs: Tem uma pessoa que não citarei o nome que esta usando de artimanhas para ficar na frente dos adversários. Esta pessoa na corrida de Bertioga chegou apenas 2 segundos na minha frente, eu estava preparando a corrida de Interlagos para fazer a ultrapassagem, mas e hei que o rapaz chegou todo enrolado em ataduras, então pensei hoje ele já era, mas tudo não passou de um blefe, como achei que o mesmo estava fora de combate fiz a corrida na boa, e o danado chegou 2 minutos na minha frente. Qual será a tática dele para a próxima corrida?????????????

ABRAÇÃO A TODOS


PRÓXIMO TIRO: CORRIDA DE PARANAPIACABA DIA 07/12/2008, ATÉ LÁ.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

MARATONA DE CURITIBA



Bom dia pessoal
Este final de semana estive no Paraná, mais específicamente na cidade de Curitiba, para participar da maratona. Fuí com o pessoal da Tavares assessoria.
Saímos de São Paulo na sexta feira mais ou menos meia noite, fizemos uma viagem tranquila, apesar de rodar na BR 116 que é conhecida como a Rodovia da morte.
Chegamos na cidade as 06:30hs, onde ja fomos direto tomar um café caprichado do hotel.
Logo depois do café, fomos buscar os kits, afinal haviam 43 pessoas no ônibus que iriam participar do evento, algumas pessoas correriam 10km.


Com isso nós ficamos mais de duas horas, só para conseguirmos sair do local da entrega dos kits, depois fomos almoçar em um restaurante chamado VENEZA que fica no bairro Santa Felicidade, onde havia um rodizio de massas, o que para nós era importantíssimo.



Conheci algumas pessoas bem interressantes, o Mineirinho que estava tentando chegar pelo menos em 10º lugar na categoria, mas infelizmente ele se machucou, e não conseguiu seu objetivo.
O Carlos um psicólogo que estava correndo a sua 8º Maratona em um ano, isso mesmo era a 8ª maratona, e também o Leo um amigo que mora na cidade e nos levou para conhecer a mesma, e ja havia corrida a maratona do ano passado e estava nos passando algumas dicas e assim foi o dia de sabado.da esquerda para direita, CARLOS, LEO e MINEIRO.


Chegou o grande dia, eu estava bem apreenssivo, pois ja tinha observado a altimetria do prova e sabia que vinha chumbo quente para cima de nós.
Acordamos por volta da 05:30, fomos tomar café, fazer todos os preparativos para a prova.
Durante a preparação, levei dois tênis, para escolher o melhor para correr os 42.195km, mas fiz a escolha errada, em uma prova de 10km, quando voce calça o tênis e tem alguma coisa incomodando da até para suportar porque a prova é relativamente rápida, mas em uma prova de 42.195, pode ser fatal, como eu haveria de descobrir mais tarde.

A largada masculina foi dada as 08:00, comecei normal, procurando não se empolgar, pois a corrida era longa, nos primeiros 10km conclui em 58m, mas estava sentindo muito incômodo com o tênis,o pé esquerdo começou a machucar, para evitar a dor começei a pisar diferente tentando compesar e aliviar um pouco a dor.
Estava indo até que razoável, o percurso era muito difícil, muitas subídas, o que vai minando suas forças, no 15km fechei a 1:28hs, onde tive que dar uma parada, tirar o tênis e tentar de alguma maneira ajustá-lo o melhor possível. No km21, cheguei com 2:10, mas os meus problemas haviam aumentado de maneira muito intensa, o sol abriu de vez, apesar de vários pontos de hidratação, não havia água que desse conta do recado, mesmo assim desistir jamais, esse era o meu pensamento.

Depois do km32 as coisas conseguiram piorar ainda mais um pouquinho, começou ums ataques de cãibras, principalmente no pé onde o tênis estava machucando, aí sim pensei em desistir da prova, você olha para todos os lados e vê pessoas passando mal, esperando a ambulância, porque não conseguiam dar um passo a mais.
O seu psicológico vai ficando minado, estava sozinho, todo dolorido, pessoas passando mal em minha volta, por um momento sentei na calçada e procurei fazer um alongamento na região afetada, um pessoa de bicicleta se aproximou e perguntou se eu queria que chama-se a ambulância, sem querer ela me deu o estímulo que eu precisava, pois fiquei pensando, passar a linha de chegada em uma ambulância, agradeci a ela, me levantei e fui em frente, mas para mim a corrida havia terminado no km32, porque o restante foi no arrasto e na força de vontade. Para vocês terem uma idéia como foi difícil dos 32km em diante.
Cheguei nos 30km com o tempo de 03:10, ou seja, um tempo até razoavel para aquele percurso e para a situação em que me encontrava, estava calculando em chegar com o tempo maximo de 04:30, fui chegar com o tempo de 04:53.

Mas consegui concluir a prova, passei pela linha de chegada correndo e recebendo palmas dos amigos, em especial o Edmilton, pessoas que ja haviam concluído a prova, foi um momento maravilhoso, de missão cumprida, fiquei muito feliz, pois não desisti do meu ideal.

Durante a corrida e a dificuldade que estava passando, me veio a mente uma frase, que acabou me dando a maior força, a frase é do Campeão de ciclismo Lance Armstrong.

"A DOR É TEMPORÁRIA. ELA PODE DURAR UM MINUTO, UMA HORA, UM DIA, OU UM ANO, MAS FINALMENTE ELA ACABARÁ E ALGUMA OUTRA COISA TOMARÁ O SEU LUGAR. SE EU PARO E DESISTO, NO ENTANTO, ELA DURARÁ PARA SEMPRE.


ABRAÇÃO A TODOS

PRÓXIMO TIRO: SESC DE INTERLARGOS CORRIDA RÚSTICA DE 7 KM, PERCURSO CURTO MAS UMA CORRIDA BEM DIFICIL.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

MARATONA DE REVEZAMENTO AYRTON SENNA.






Bom dia a todos.
Dificil, desgastante, superação, força de vontade, determinação, raça, dor, calor, essas são as palavras para definir o que foi esta corrida.

Este final de semana eu a Cleide o Edson e o Didimo, (Equipe HONORATO) estivemos no Autodromo de Interlargos para participar da Maratona de Revezamento Ayrton Senna, seriam 2 voltas cada, que daria um total de 10.550mt cada.
Acordamos as 05:00hs no domingo, neste horário ja estava calor, tomamos o café e fomos de Trem para a região do Autodromo, tivemos que dar uma boa caminhada da estação de até o local da corrida, mas foi bom porque ja chegamos aquecidos.
No local nós encontramos o restante da equipe, Edson e Didimo, a estratégia seria de a Cleide sair primeiro, eu segundo, o Didimo terceiro e o Edson fechando. Até aquele momento a nossa maior preocupação era o sol, as 08:00 o calor ja era muito forte, e durante o percurso não tem nenhuma sombra para dar um refresco ao corredor, outro motivo de preocupação era o Edson, estava se recuperando de um estiramento muscular na região da coxa, ou seja, estava no sacrifício.
As 08:00 horas foi dada a largada, a Cleide foi para a luta, fez suas duas voltas, usou da esperiência que adquiriu durante este tempo que esta correndo, procurou fazer a primeira volta na boa para não se desgastar demais, chegou bem cansada, mas inteira, procurou se hidratar bastante após a prova, porque a perda de água é enorme.
Chegou a minha hora de entrar na pista, o sol estava assando, entrei procurando controlar a velocidade para não se desgastar demais, a primeira volta fiz até que traquilo, mas a segunda tava dificil, na subida da reta do boxes o ar estava tão quente que estava dificil de respirar, mas consegui terminar a minha parte e passei o bastão para o Didimo que pegou uma situação pior ainda, como estava acontecendo com todos, a primeira volta dava para fazer traquilo mas a sugunda, em vista do desgaste que a corrida proporcionava, era mais complicada para fazer.

O Didimo chegou quase sem consegui respirar, e estamos falando de um corredor que corre 30km por dia.

Chegou a vez do meu irmão Edson ir para o campo de batalha, a equipe estava preocupado , afinal fora o calor escaldante ele não estava nas melhores condições fisicas, preocupação estava com bem estar dele, a lesão poderia piorar, mesmo assim ele achou que dava e foi para a luta.

Fez a primeira volta como os outros tranquilo, na segunda volta eu o Didimo resolvemos fechar com ele o revezamento, mas sem tirar a sua concentração, por isso nós ficamos bem atrás, ele fez a segunda volta sentindo mais o calor que a lesão, o que nos fez ficar mais traquilo, chegando perto da linha de chegada nos aproximamos dele e passamos pela linha de chegada juntos, foi muito legal.

Foi mais um belo Domingo, a corrida tem feito isso, sempre um final de semana agradável.

Na próxima quarta feira gostaria que vocês acessacem o blog, vou escrever sobre um amigo, que passou por inúmeras dificuldades para poder estar correndo, se você está em duvidas se consegue ou não correr, sempre arrumando uma desculpa, eu recomendo a leitura, e voce que ja corre também é interessante a leitura.

PRÓXIMO TIRO: MARATONA DE CURITIBA, ESSA É BRAVA - DIA 23/11/2008 - NESTA ESTAREI SOZINHO, PEÇO QUE TORÇAM POR MIM.

ABRAÇÃO A TODOS

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO



JUNIOR E NEIDE: UMA PARCERIA QUE DEU CERTO.

Está história é para você que arruma desculpa para NÃO fazer nada em matéria de atividade física.
Está história é para você que acredita que não existem pessoas dispostas a ajudá-lo (a).
Está história é para você que acha que depois que engordou a única solução é engordar mais.
Está história é para você que fica dentro de casa chorando porque está engordando e sentindo pena de sí mesma(o), sem tomar qualquer tipo de atitude.
Enfim está história é para você que se fechou no seu mundo de incertezas, tristeza, depressão, falta de amigos, é para você que está privada de simplesmente viver.



Quando o Junior conheceu a Neide estava pesando aproximadamente 145 Kg, chegou ao Parque Santos Dias de cabeça baixa, com dificuldade para caminhar e pouca perspectiva de voltar a ter uma vida sem restrições.
Ali conheceu outras pessoas, algumas com dificuldades iguais, outras com diferentes obstáculos, pessoas que já haviam passados por dificuldades iguais ou piores a sua, e haviam vencido, portanto com experiências para passar.

Começou o treinamento, o suor escorria pelo seu rosto, uma abdominal exigia sacrifício triplicados em relação a outras pessoas, caminhar era muito difícil, alongamento então estava quase impossível de serem feitos, mas nada disso o desanimou.

A grande incentivadora era a Neide, uma pessoa admirável, ela acredita no potencial de cada um, não julga ninguém pela aparência, ela consegue enxergar a essência de cada indivíduo, falo isso porque à conheço, trabalha para a comunidade, sempre se preocupando em ajudar alguém, nem que para isso tenha que abrir mão de várias coisas pessoais.


Com a Neide como incentivadora o Junior começou a correr, exigiu muita força de vontade, mas ele não pensava desistir, treinava todos os dias, começou a perder peso, a cada quilo que perdia, ganhava em velocidade, resistência, e se animava cada dia mais.

Chegou o dia da primeira corrida oficial, o grande desafio estava por vir, escolheu uma corrida de 7km, de difícil percurso, o SESC Interlargados.

Estava tenso, será se conseguiria fazer a corrida toda?

Será se as pernas agüentariam?

Será se não sentiria falta de ar?

Será que o coração agüentaria tamanho esforço?

Existiam várias perguntas, mas a respostas só viriam ao final da prova.

Quando foi acionado o sinal da largada, a Neide fez questão de acompanhá-lo durante todo o percurso, ele teve umas das respostas ali mesmo, tudo valeu a pena, não importava mais o final da corrida, o fato de estar participando já o tornara um vencedor, estava participando de uma corrida oficial, só ele e algumas pessoas sabiam quantos obstáculos haviam sido ultrapassados para ele estar alí, sim já era um VENCEDOR.



Mais surpresas viriam, começou a correr com a sua amiga e incentivadora ao seu lado NEIDE, e assim foram durante todo o percurso, com muitas dificuldades durante o trajeto, muitas pessoas dando maior força com palavras de incentivo, isso o convencia cada vez mais que havia feito a escolha certa, OPTARA POR QUALIDADE DE VIDA.

Cada KM percorrido era fantástica vitória, para uma pessoa que até ontem estava com dificuldades para andar, faltando 400 metros para o final, já dava para ver a linha de chegada, a emoção tomou conta por completo, não só dele, mas da Neide e o pessoal do Parque Santos Dias, que estavam todos esperando na linha de chegada, o grande vencedor da corrida, JUNIOR.





Desta prova em diante, já emagreceu mais de 30 quilos, já participou e continua fazendo provas de: 5KM, 10KM, 15KM e 21KM.

Está historia é do Junior, mas poderia ser a sua, comece acreditar em você vá a luta, que com certeza você também será um vencedor (a).


SOU TESTEMUNHA DESTA HISTÓRIA, EU TAMBÉM ESTAVA PRESENTE NA LINHA DE CHEGADA.



Olha o grande Junior, magrinho né?

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

TREINO NO PARQUE ECOLOGICO


Bom dia a todos.
Este final de semana estivemos no Parque Ecológico do Tiete, fazendo um treino longo já me preparando para a Maratona de Curitiba.
Desta vez só foi eu e a Cleide, chegamos no parque por volta das 07:30hs, a temperatura estava bem agradavel, o sol estava escondido entres as nuvens, ou seja, era um bom momento para fazer um longão. A minha proposta era de correr de 25 a 30 km e a da Cleide era de correr 10KM.
Começamos juntos depois de um alogamento, estava realmente perfeito para uma corrida, fora isso o percurso é feito embaixo das árvores, e ja haviam muitas pessoas treinando.
Não me preocupei com o relogio, a finalidade era só rodar.
A Cleide completou os 10km tranquila, e ficou me auxiliando enquanto eu fazia a minha parte, completei 27KM e parei pois já estava sem pernas, joguei bola no sábado, então optei por parar por aí.
Ficamos mais um pouco no Parque tomando uma cervejinha geladinha e depois fomos fazer uma visitinha para a nossa querida amiga Neide que estava comemorando seu aniversario.
Mais um final de semana tranquilo.

Abração a todos

PROXIMO TIRO DIA 16/11/2008 MARATONA DE REVEZAMENTO AYRTON SENNA NO AUTODROMO DE INTERLARGOS.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

MARAVILHA: 10KM BERTIOGA 45:45hs.

Bom dia pessoal.
Este final de semana estive no município de Bertioga, litoral paulista, mais ou menos 130km da cidade de São Paulo para participar de uma corrida de 10km do Sesc de Bertioga. Estavam presentes também a Cleide e o pessoal do Sesc Pinheiros. Saímos de Sampa na sexta feira as 23:00horas e fomos para uma bela casa que o nosso amigo Wagner nos convidou para passar o fim de semana. Pegamos a estrada na sexta feira a noite com bastante tranquilidade. Passamos o sábado só descansando, o local da casa era algo de maravilhoso, com muita natureza e tendo uma bela praia como quintal, foi muito relaxante, estávamos em torno de umas 25 pessoas que se estalaram confortavelmente, para vocês terem uma ideia do tamanho casa. Muitas brincadeiras e bastante descontracção marcaram o dia e a noite, onde teve até um joguinho de truco.
Acordamos no domingo mais ou menos as 05:30hs, a corrida seria as 09:30hs, como haviam bastantes pessoas, optamos por acordar cedo para podermos saborearmos um café sem estreasse e chegarmos cedo ao local da corrida para a retirada dos kits.
O acordar já foi bem descontraído pois nosso amigo CHUCHU, nos brindou com uma bela imitação de Galo (que mais parecia um pintinho, mas não conta nada para ele, tá). Saímos da residência as 07:00hs, e por volta das 07:30 já nos encontrávamos no local da largada, onde nos encontramos com o pessoal do SESC Interlargos e também com o nosso professor Denival do SESC Pinheiros.
A largada foi dada exatamente as 09:30, comecei tranquilo pois tinha feito um bom alongamento e também um aquecimento adequado, comecei a corrida em um ritmo lento, pois a corrida seria toda na areia, onde o esforço é bem maior, estavam comigo na saída o Wagnão e o Crezildo, no km 2 o nosso amigo Crezildo começou a ficar já sentindo uma contusão adquirida na noite de sexta em virtude do treino de tiro que havia feito, o percurso constituído só de reta não era difícil, o tempo também estava ajudando bastante por incrível que pareça nem o vento que costuma pegar você de frente fazendo com que você tenha que esforçar-se mais também não apareceu, então já viu, era corrida para baixar tempo.
Fiz uma corrida relativamente tranquila, onde terminei com o tempo de 45:45hs, meu melhor tempo em 10km.

Gostaria de deixar registrado os meu PARABÉNS à algumas pessoas que se superaram este final de semana.

Ao Wagnão pela bela casa e pelo belo final de semana que nos proporcionou.
Ao Professor Denivaldo pelo 5º lugar conquistado, e pelos treinos que nos tem aplicados, pois eles foram de fundamental importância para que todos melhorassem seus tempos.A Cleide e a Fátima pelos 54:30hs e acima de tudo pela solidariedade demonstrada, pois se prontificaram a correrem juntas e foram assim até o final.A Lú e a Janete pelas belas fotos tiradas e mesmo sem estarem correndo demonstraram uma energia e um entusiasmo contagiantes.Ao querido amigo Crezildo que lutou como um GUERREIRO, mesmo ferido não desistiu, chegou devagar caminhando lentamente, mas só parou depois da linha de chegada, é mais uma vez a corrida nos ensinando, pois é fácil chegar ao fim da corrida e ir para o abraço quando esta tudo funcionando bem, a grande superação é chegar ao fim da corrida e ir para o abraço mesmo quando as coisas não funcionam tão bem.

Então meu amigo Crezildo mais uma vez parabéns,

pois você é o grande vencedor desta corrida. QUEM QUISER VER MAIS FOTOS DA CORRIDA É SÓ ENTRAR NO ORKUT: CHE EHC

ENFIM MAIS UM FINAL DE SEMANA MARAVILHOSO.

PRÓXIMO TIRO, TREINO NO PARQUE ECOLÓGICO DO TIETE DIA 09/11/2008,
VISANDO A MARATONA DE REVEZAMENTO AYRTON SENNA DIA 16/11/2008
NO AUTÓDROMO DE INTERLARGOS.
ATÉ LÁ!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

TREINO NO PARQUE ECOLÓGICO DO TIÊTE

Pessoal bom dia
Este final de semana eu a Cleide e mais alguns amigos do SESC Pinheiros estivemos no Parque Ecológico do Tiête para fazermos um treino, a minha proposta era de correr mais ou menos 30KM, mas estava muito difícil, apesar de levar agua e Gatorade, o calor estava muito forte.
A Minha intenção era chegar cedo ao Parque e depois ir votar, afinal era dia de eleição, mas quando estavamos na ponte do Morumbi percebi que havia esquecido os documentos, tivemos que voltar e aí já viu, quando chegamos ao Parque a temperatura já se encontrava altíssima e o sol rachando, a Cleide correu 10km e eu fiz uns 21KM, era o máximo que dava para fazer em virtude do calor.

É lógico que depois ficamos na lanchonete tomando uma bela cervejinha gelada e batermos um bom papo.

Foi um belo domingo.

Um grande abraço a todos e boa semana

PRÓXIMO TIRO SERÁ EM BERTIOGA UMA CORRIDA DE 10KM DO SESC DA REGIÃO.